segunda-feira, 23 de abril de 2012



Rede Globo celebra a classe média emergente em suas duas principais novelas

Levantamento da presença da classe C nas novelas das nove
A Globo celebra o seu novo celeiro econômico em duas de suas principais novelas. A emissora tem mirado o alvo em cima desse novo nicho consumista e investe em personagens do "povão". Caricaturas populares é o que não faltam em "Avenida Brasil", segundo relatório da revista  Veja, 93% dos seus personagens fazem parte da nova classe "C". 
O calçadão do Leblon, a bossa nova de João Gilberto e os restaurantes finos têm dado lugar aos diálogos no banco da lotação, ao churrasquinho na laje e à combinação de pagode, forró e tecnobrega. (Veja Online)
A maior emissora do país não descobriu a classe "C" à toa. Tudo isso faz parte de uma cobrança de mercado que visa estabelecer uma maior comunicação com o seu público. Em busca de faturamento e audiência, a TV apela ao que for necessário. Esse é um cenário que vai totalmente contra aos padrões de antes, quando a televisão era um meio luxoso em que apenas ricos tinham acesso. Essa mudança de atitude da televisão atual se compara ao rádio, um dos meios de comunicação mais populares do país. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Interaja a vontade! Logo, logo o seu comentário será liberado.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...