Jornalista Efrem Ribeiro, da Rede MN, relata que foi agredido por policial civil


O jornalista Efrém Ribeiro, da Rede Meio Norte, afirma ter sido agredido por um policial civil. Em relato feito em sua página no Facebook, ele conta que o referido policial lhe bateu diversas vezes na cabeça, e ainda tentou enforcar-lhe com a alça da câmera fotográfica, tudo para tomar um microchip com imagens.

"(...) um policial civil, pesado e forte, me bate violentamente, várias vezes na cabeça, tenta me enforcar com a correia da máquina fotográfica, apaga todas as minhas fotografias feitas durante dois dias sob o sol quente, causando dores de cabeça, toma a minha máquina fotográfica, leva para dentro do Greco (Grupo de Repressão ao Crime Organizado), se apropria do microchip com as imagens e joga o adaptador, todo quebrado na calçada, me humilhando.Perdi todas sa imagens produzidas em 2 dias de intenso trabalho [sic]", diz.

Humilhado, Efrem conta que chorou em frente à sede do Greco, enquanto cobria os desdobramentos da operação que prendera fraudadores do concurso da PM.

"Para a pessoa trabalhar com reportagem no Piauí é preciso ser tão humilhado?", questiona. Confira o relato feito pelo jornalista.
Reprodução (Facebook)


Fonte: Portal 180

Previous
Next Post »

Interaja a vontade! Logo, logo o seu comentário será liberado. EmoticonEmoticon

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...