sexta-feira, 20 de abril de 2018



Anatel confirma desligamento do sinal analógico em Teresina

Coletiva de imprensa na Anatel (Foto: Roberto Araujo / OitoMeia)
A Agência Nacional de Telefonia Móvel (Anatel) intensificou a campanha de divulgação sobre a mudança do sistema de televisão digital no Piauí. De acordo com a agência, até 30 de maio de 2018, Teresina e região devem ter a transmissão de sinal analógico encerrado. Além de Teresina, as cidades de Demerval Lobão, Lagoa do Piauí, Nazária e Timon, cidades do entorno, também estão na fase de transição.

A data, no entanto, pode ser alterada, em virtude do percentual de televisores adaptados para captação do sinal digital. O presidente da Anatel, Juarez Quadros, informa que a perspectiva é que até lá, 90% da cidade esteja com televisores equipados. “Nas vezes que ocorre retardo é quando não se alcança a faixa de 90%, quando se chega no patamar de 88, 89%, a gente já desliga a transmissão”, explicou.

O presidente do programa Sistema Digital, Antonio Carlos Martelletto, explica que Teresina, bem como Manaus e Belém, que também estão com a previsão de desligamento do sinal analógico até o final de maio, têm um percentual na faixa de 75% de televisores com capacidade de recepção do sinal digital. Com isso, acredita que o desligamento deve ser de fato efetivado no fim de maio.

“Em Manaus cerca de 75%, Belém, cerca de 80%, Teresina, está em cerca de 77%. Em todas as capitais do Nordeste que a gente fez o trabalho, Salvador, Fortaleza e Recife,a gente partiu de patamares semelhantes, e chegou no índice necessário. O comportamento aqui em Teresina nos termos de distribuição dos kits tá muito bom e deve acontecer efetivamente o desligamento”.

COMO TER ACESSO AO KIT DIGITAL

A ONG Seja Digital foi criada por determinação da Anatel, com a missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social para a população.

De acordo com dados da Anatel, foram providenciados 117 mil kits para famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal, dos quais 35 mil ainda não foram entregues. O programa trabalha com duas hipóteses de casos que não retiraram o kit.”Ou já podem ser digitais, portanto não têm interesse, ou grupos de baixa renda que não recebem benefícios sociais mas estão registrados”, disse o presidente do programa Seja Digital, Antonio Carlos Martelletto, em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (20).

As famílias que têm cadastro no Número de Identificação Social do Governo Federal, como quem recebe Bolsa Família e outros recursos do governo, podem solicitar o kit digital de conversor de sinal. Para isso, basta fazer um cadastro e agendar a data para receber o kit. Cerca de 35 mil kits ainda não foram distribuídos por faltada demanda. A população interessada pode agendar no site do Seja Digital.

Fonte: OitoMeia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Interaja a vontade! Logo, logo o seu comentário será liberado.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...